Professor Carvalho

Tempo

Primeiro dia de aula. Aluninha toda serelepe:

Professor Carvalho! Que saudade que eu estava de ti!

"De ti" não, "do senhor"! que eu saiba, eu não lhe dei liberdade para me chamares de tu.

Só delicadeza!

Respostas do Carvalho

Professor Carvalho lendo uma tirinha, com a seguinte história:

Um colega pergunta para Carvalho se é uma boa idéia e se ele faria isso.

Nosso colega reponde:

Eu faço isso: “Na prova de hoje, vocês podem consultar o caderno… (gurizada abrindo alegremente as mochilas)… desde que eu não veja!

Junino é o Carvalho

Professor Carvalho não coaduna muito com essa história de se vestir de “caipira” nas festinhas juninas  escolares.

No que uma menina, vendo outros com seus paramentos, pergunta:

- Professor, o senhor não veio vestido?

- Lógico que não, não estás vendo que estou pelado?

Rapidíssimas do Carvalho II

Aluninha descobre que Carvalho está para entregar as notas das provas e, toda cheia de fofura, pergunta:

- Professor, há boatos de que o senhor me dará um 10!

Nosso herói, sempre sutil e delicado como uma manada de elefantes dançando sapateado irlandês, responde:

- Boatos são boatos, fatos são fatos.

O elefante não está debochando nem rindo… nem o Professor Carvalho…

Sapateado irlandês é isso aqui.

http://www.youtube.com/watch?v=jz9FnhUvSZw

Agora, imaginem uma manada de elefantes fazendo isso.

Prova do Carvalho

Ensino médio. Fulaneide e Beltranice são amigas, uma é estudiosa, a outra acha que a vida se resume às suas chantagens emocionais e a seus lindos olhos azuis.

Beltranice, a estudiosa, vive fazendo tudo para Fulaneide, que tira ótimas notas às custas da otária… amiga. Um dia Professor Carvalho resolve dar um basta na manipulação desavergonhada  amizade. Numa prova em que todas as respostas estavam obviamente idênticas, rasgou elogios à cópia deslavada e teceu árduas críticas à original. A cópia levou 10; a original, nem cinco.

Claro que, no dia da entrega, nosso amado professor ficou se deliciando vendo uma desfrutar da nota que levou na flauta e da outra que, mesmo espumando de raiva, não podia entregar o esquema a amiga, por conta da cumplicidade sem-vergonha fidelidade.

Nunca mais Fulaneide, a parasita copiona, tirou outro dez. Aparentemente, Beltranice aprendeu a lição.

Melhor que tirar a cola é sacanear quem a transmite, diz Carvalho.

Lições do Carvalho

Ensino fundamental.

Professor Carvalho, decidido a dar uma importante lição a seus queridos pupilos, entregou um texto para uma determinada turma de sétima série e pediu para eles marcarem aleatoriamente 5 frases e numerá-las de 1 a 5 (eles estão até agora tentando entender porque ele fez isso).

Depois, com o mesmo texto marcado, foi para outra turma da mesma série e aplicou 5 perguntas.

Então, cruzou os braços e se deliciou com a cena: alunos se cutucando e cochichando porque tinham um texto “com as respostas marcadas”.

Naquele dia, nenhum aluno aprendeu nada sobre o tema, mas todos aprenderam algo muito mais importante pra vida deles: quando a esmola é demais, o santo desconfia!

Carvalhismo: É tão bom ser mau!

Psicopata do Carvalho

Ensino superior. Professor Carvalho falando como se diverte com as psicopatias de um certo personagem.

Acadêmico mira:

- Mas o senhor adora um psicopata, hein?

Professor Carvalho atira:

- É por isso que eu gosto tanto de ti.

Foi isso que aconteceu…

Colegas do Carvalho II

A falta que o espírito de corpo faz entre os professores é imensa.

Comentando o embate com o diretor de ensino fundamental, que já contou aqui (http://wwwprofessorcarvalho.tumblr.com/post/24341160602/superiores-do-carvalho), uma colega do Carvalho vem com essa:

- Ai, eu lembro, foi no dia em que você fez um ESCÂNDALO, né?

- Bem, se você considera defender sua classe e lutar pelo que acredita fazer escândalo, então eu SEMPRE vou fazer escândalo.

A pessoa esconde sua passividade num suposta “finesse”. E pior, não é só ela que pensa assim.

Pro professor Carvalho ser mais querido, terá que usar isso…